You are currently viewing Marketing de comunidade: relação que converte

Marketing de comunidade: relação que converte

O Marketing de comunidade está ligado a criação de grupos que compartilham um interesse em comum e a união deste mesmo grupo em torno de uma marca que compartilha dos mesmos valores.

As comunidades possuem grande influência dentro e fora do ambiente virtual, as pessoas estão cada vez mais dando importância para as opiniões de terceiros na hora de tomar a sua decisão final, portanto, entender sobre esse universo é essencial para que sua marca seja reconhecida. 

Você sabe porque o marketing da comunidade é tão importante? 

 

O que é marketing de comunidade? 

O Marketing de comunidade vai muito além do que apenas promover a “convivência” entre os consumidores do serviço de uma determinada empresa, ele significa a união dos indivíduos que estão em níveis distintos de interação, engajamento e relacionamento. 

Por meio de estratégias de marketing e planejamentos assertivos, o marketing de comunidade visa adicionar no negócio um espaço para a conexão dos indivíduos através de conteúdos criativos ou inovadores, sempre colocando em evidência os valores humanos.

 

Como ter uma boa estratégia de marketing de comunidade?

A seguir, listamos as principais maneiras de gerir corretamente o marketing de comunidade. Acompanhe. 

 

  • Categorização: é importante ter em mente que cada pessoa dentro de um grupo possui a sua individualidade, sendo assim, é necessário segmentar esse público com categorias para observar essa diferença.

    Um bom exemplo de categorizar os grupos são: separar por idade, os mais novos dos mais velhos, ou separar os mais ativos na comunidade dos mais passivos, enxergando os que estão mais frequentes dos mais distantes, deste modo, você organiza e conhece mais a fundo a sua comunidade. 

 

  • Conteúdo: o marketing de comunidade possui o conteúdo em todas as etapas do planejamento. Do mesmo jeito que a comunidade aprende com você, ela também ensina, pois eles criam o conteúdo próprio de acordo com a visão que possuem da sua empresa, serviços e produtos com um olhar mais minucioso. 

 

  • Comunicação: a comunicação é uma via de mão dupla, portanto, é preciso estar atento às necessidades dos membros da comunidade para ter a garantia que a mensagem que sua marca quer passar seja entendida corretamente, aumentando assim, a sensação de pertencimento na relação marca e comunidade. 

 

  • Curadoria: a curadoria significa a análise e acompanhamento das atualizações do comportamento dos membros da comunidade presente na sua marca. 

 

De acordo com que o tempo vai passando, esses membros tomam lugares diferentes na comunidade e, consequentemente, as situações também mudam, os ativos podem se tornar os menos engajados, os engajados podem se tornar insatisfeitos e por aí vai.   

Sendo assim, no marketing de comunidade é preciso ter o dinamismo bem definido, fazendo com que a inovação esteja sempre presente no seu negócio.  

 

Exemplos de empresas que praticam o marketing de comunidade 

Empresas que praticam o marketing de comunidade são mais comuns do que a gente imagina, a seguir, listamos alguns exemplos, confira:

  • Starbucks: o Starbucks inovou no marketing de comunidade quando investiu em um espaço para os clientes permitindo que eles dessem sua opinião sobre dicas e ideias de novos sabores de café e produtos de maneira com que eles se sintam importante para a marca, se aproximando e criando uma relação verdadeira com o público. 

 

  • Sephora: a Sephora criou o Beauty Talk, exemplo de marketing de comunidade. Espaço para que clientes e consumidores da marca troquem ideias sobre seus produtos, dicas e opiniões sobre o negócio. Este incentivo que a Sephora fez para que as pessoas falassem sobre a marca foi resultado de mais de 500.000 marcações mensais nas principais redes sociais, fazendo com que os usuários fiquem mais próximos do negócio com o estímulo frequente de estar presente no universo da marca. 

 

  • Upgess: a Upgess é uma comunidade voltada ao empreendedorismo 5.0, exemplo de marketing de comunidade onde por meio das competências de negócios e do desenvolvimento de habilidades comportamentais, os membros da comunidade somam conhecimentos, experiências e vontade de aprender sobre a revolução prateada focando no protagonismo deste mercado 5.0 inovador no mundo atual.

 

Não sabe como implantar o marketing de comunidade no seu negócio? Conte com a Agência Capixaba para colher os melhores resultados!